Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ministério da Saúde confirma primeira morte pela varíola dos macacos no Brasil

Trata-se de um paciente do sexo masculino, de 41 anos, com imunidade baixa e comorbidades.

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde confirmou nessa sexta-feira (29) a primeira morte por varíola dos macacos registrada no Brasil. Trata-se de um paciente do sexo masculino, de 41 anos, com “imunidade baixa” e “comorbidades, incluindo câncer (linfoma)”, que levaram ao agravamento do quadro, de acordo com a pasta.

“Ficou hospitalizado em hospital público em Belo Horizonte, sendo depois direcionado ao CTI (Centro de Terapia Intensiva). A causa de óbito foi choque séptico (infecção generalizada), agravado pela monkeypox”, informou o MS, em nota.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais relatou que o paciente residente de Belo Horizonte, e morreu na quinta, 28. Os outros casos confirmados da unidade federativa – homens entre 22 e 48 anos – estão “em boas condições clínicas”, assegurou.

Na quinta-feira, segundo balanço do Ministério, o País acumulava 1.066 casos confirmados da doença. Os Estados com maior número de notificações são São Paulo (823), Rio de Janeiro (1240 e Minas Gerais (44).

Para especialistas, o avanço da doença reforça a importância de serem redobrados os cuidados com imunossuprimidos, crianças, grávidas e idosos, grupos mais vulneráveis ao agravamento dos quadros. Medidas de higiene como lavar as mãos e evitar o compartilhamento de objetos ajudam a prevenir o contágio.

Carregando