Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Operação no Maranhão investiga abuso sexual infantil e fraude de benefícios sociais

Polícia Civil cumpriu mandados na região metropolitana de São Luis e no interior do estado.

Polícia Civil cumpriu mandados na região metropolitana de São Luis e no interior do estado (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão executou, nesta sexta-feira, 5, a “Operação Ísis”, com objetivo de dar cumprimento à 10 mandados de busca e apreensão em desfavor de investigado por crime de natureza sexual. Contra o indivíduo, também foi expedido um Mandado de Prisão Preventiva.

Além da denúncia principal que fundamenta a investigação, há indícios de outras práticas delituosas por parte do investigado, que está foragido, segundo a polícia.

Foram cumpridos mandados de busca em sete endereços residenciais e comerciais da região metropolitana de São Luis; Piancó, Cohatrac, Planalto Anil IV, São Francisco, Forquilha e Renascença, além do bairro Pindaí, em Paço do Lumiar.

Equipes policiais ainda foram deslocadas ao interior do Estado, na Cidade de Godofredo Viana, onde cumpriu-se outros dois mandados de busca, além de um terceiro endereço em Belém, que não foi localizado.

A polícia apreendeu farto material indicativo, em tese, da possível prática de outros crimes, como por exemplo, aproximadamente 150 cartões de benefícios assistenciais da Caixa Econômica Federal em nome de terceiros, além de alguns frascos da substância popularmente conhecida como morfina.

Também foram apreendidos outros documentos, aparelhos celulares, tablet, pendrives etc, que serão periciados, frisou a Polícia Civil.

A operação foi deflagrada por intermédio da Superintendência de Polícia Civil da Capital – SPCC, em ação executada pela Seccional Leste e Depol Maiobão, com apoio de outras Unidades da Capital e Interior.

O nome da operação se deu em face da divindade egípcia, esposa do deus Osíris, cultuada como deusa da família e protetora das crianças.

Carregando