Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Segunda unidade do Projeto Saúde na Comunidade é entregue no Ipase

O local conta com triagem, farmácia, consultório, sala de curativo, sala de vacina, além de banheiro adaptado para pessoas com deficiência. 

Segunda unidade do Projeto Saúde na Comunidade foi entregue no bairro Ipase (Foto: Divulgação)

Foi entregue, na manhã desta segunda-feira (18), a segunda unidade do Projeto Saúde na Comunidade, desta vez no bairro Ipase, em São Luís. A iniciativa leva os cuidados básicos de saúde para dentro das comunidades, facilitando o acesso e desafogando as unidades de urgência e emergência, conforme destacou a Prefeitura, que também já entregou uma unidade do programa à população do Barreto.

“Agora, o Ipase vai ter uma unidade básica de saúde onde serão realizadas consultas médicas, curativos, vacinação e outros serviços. A comunidade disponibilizou o espaço, nós entramos com a reforma, com os equipamentos, com todo o pessoal que vai estar atendendo aqui na área da saúde e quem ganha com isso é a população, e assim a gente vai aumentando o índice de cobertura da atenção primária em nossa cidade”, afirmou o prefeito Eduardo Braide.

Estrutura

O local conta com recepção, triagem, farmácia, consultório médico, de enfermagem, sala de curativo, sala de vacina, além de banheiro adaptado para uso por pessoas com deficiência.

Entre os serviços disponibilizados, estão o acompanhamento da mulher e da gestante, da criança e do adolescente, do homem e do idoso, do hipertenso e do diabético, e ainda consultas médicas e de enfermagem, curativo, dispensação de medicamentos básicos e imunização.

A unidade tem duas equipes Estratégia Saúde na Família, que têm condições de atender até 8 mil pessoas que moram na região. Antes da implantação do Projeto Saúde na Comunidade, os moradores dos bairros Ipase de Baixo e Ipase de Cima não dispunham de uma unidade de saúde onde buscar os serviços da atenção primária, frisou a Prefeitura de São Luís.

A unidade foi implantada em parceria com a comunidade em espaço cedido pela Igreja Renovação Cristã, e foi adaptada para oferecer o devido conforto aos pacientes, durante o atendimento, por meio da climatização de todas as salas, instalação de iluminação completamente nova, humanização arquitetônica, paisagismo interno e acessibilidade do local. O trabalho foi executado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

Carregando