Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeitura aciona Justiça do Trabalho para que ônibus voltem a circular em São Luís

A medida acontece após o Sindicato descumprir decisão judicial, que garantia o percentual mínimo de 90% da frota nas ruas.

Após ação da Prefeitura, Justiça determina retorno imediado dos serviço de ônibus em São Luís (Foto: Reprodução)

A Prefeitura de São Luís, por meio da Procuradoria Geral do Município, acionou a Justiça do Trabalho para que os ônibus voltem a circular na capital. A medida acontece após o Sindicato dos Rodoviários descumprir decisão judicial, que garantia o percentual mínimo de 90% da frota de ônibus nas ruas.

Dentre as medidas requeridas pela Prefeitura, está a determinação de que o serviço seja prestado em sua totalidade, com 100% da frota em todas as linhas e horários, com imediato restabelecimento do funcionamento do transporte público.

A cidade de São Luís amanheceu sem ônibus, após o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (Sttrema) confirmar paralisação no sistema de transporte público, nas primeiras horas desta quinta-feira (21), por tempo indeterminado.

De acordo com a Sttrema, a greve só será encerrada quando o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) apresentar uma contraproposta que atenda as reivindicações da categoria.

Entre outros itens, os trabalhadores reivindicam 13% de reajuste salarial; jornada de trabalho de seis horas, ticket alimentação no valor de R$ 800,00; manutenção do plano de saúde e a inclusão de um dependente e a concessão do auxílio creche, para trabalhadores com filhos pequenos.

A decisão de manter a greve contraria uma liminar proferida pela desembargadora federal do Trabalho, Ilka Esdra Silva Araújo, após ação da Prefeitura de São Luís, que determinou a circulação de 90% da frota na Grande São Luís.

Em caso de descumprimento das medidas, a Justiça do Trabalho estabeleceu multa diária de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) ao STTREMA e ao SET.

Marcelo Brito, presidente do Sindicato dos Rodoviários (Sttrema), informou que aguarda negociação por parte do SET. Ele disse que tem nova reunião com o setor jurídico, no fim da manhã desta quinta-feira, na sede da entidade, para definir novas orientações

Carregando