Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia identifica carro usado pelos autores do triplo homicídio no interior do Maranhão

Entre as vítimas da chacina está um professor da UEMA Campus Itapecuru-Mirim, de 32 anos.

Carro das vítimas foi atingido com cerca de dez tiros (Foto: Reprodução)

O carro usado pelos autores das mortes de três pessoas, em um trecho entre as cidades de Vargem Grande, Itapecuru-Mirim e Presidente Vargas, na última quarta-feira (8), já foi identificado pela polícia. A informação é do capitão Flávio, comandante da Polícia Militar de Itapecuru-Mirim.

Segundo Flávio, a área onde ocorreu o crime compete ao policiamento de Itapecuru-Mirim. “O veículo ainda não foi apreendido, mas já temos características suficientes para que possamos avançar nas investigações”, destacou o capitão, afirmando que no início da próxima semana haverá uma nota oficial da Polícia Civil sobre o caso.

As três vítimas estavam em um veículo Siena vermelho. Os suspeitos, em outro carro, abriram fogo, matando todos os ocupantes. O crime ocorreu no povoado Leite.

Cerca de dez tiros foram efetuados contra o carro que levava as vítimas, que eram da cidade de Chapadinha.

Uma das vítimas foi identificada como Ricardo Alves de Araújo, de 32 anos, professor substituto da Universidade Federal do Maranhão (Uema) Campus Itapecuru-Mirim, do curso de Gestão em Tecnologia do Agronegócio. O motorista era taxista, e foi identificado apenas como Júnior.

O capitão Flávio informou que a motivação do crime também é alvo de investigação. “Nenhuma das vítimas teria relação com fatos criminosos. Podem ter sido confundidas, ou ter tido um desentendimento entre elas e os autores de suas mortes”, disse Flávio.

Carregando