Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Assembleia Legislativa rescinde contrato com CEPERJ e contrata nova banca para concurso

O presidente Othelino Neto afirmou que já iniciou os procedimentos para a escolha da nova banca organizadora do certame

Foto: Reprodução

SÃO LUÍS – O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), deputado Othelino Neto, afimou por meio de suas redes sociais, nesta sexta-feira (22), que após decisão de anular a primeira etapa do concurso público e com base na recomendação do Ministério Público do Maranhão (MPMA) e da Mesa Diretora da Alema, decidiu rescindir o contrato com a banca Fundação CEPERJ.

Além disso, informou Othelino Neto, foi determinada a contratação de uma nova banca organizadora. Os candidatos que tiveram a inscrição deferida serão mantidos.

O presidente da Alema, porém, não informou se serão abertas novas inscrições.

Possíveis fraudes

Em junho, o deputado Yglésio Moisés afirmou que o concurso da Assembleia Legislativa, realizado em maio, tinha sido fraudado. Em postagens nas redes sociais, o parlamentar afirmou que “parece que a quadrilha da fraude dos ‘concursos’ voltou a atacar. Inadmissível. Inadmissível. Inadmissível. Genro de desembargadora, esposa de advogado de alto coturno na cidade, irmão de ex-prefeita. Desrespeito gritante. Maranhão condenado.”

Yglésio afirmou que as mesmas famílias beneficiadas em um concurso público realizado em Paço do Lumiar, desta vez, foram atendidas no certame da Assembleia. “Em comum, uma conhecida fraudadora de concursos chamada Elmira, e muito provavelmente um advogado”, declarou.

Carregando